Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Edifício nas Escadinhas

Escadinhas do Marquês de Ponte de Lima

Lisboa, Portugal

2017 – …

Como tornar estática uma zona de circulação?

O edifício localiza-se a meio das Escadinhas do Marquês de Ponte de Lima, em pleno núcleo histórico da Mouraria.

Na frente, uma rua esconsa com alguns edifícios recentemente recuperados e outros ainda muito degradados.

Atrás, o edifício abre-se para uma vista panorâmica que começa nos bairros típicos vizinhos espalhando-se até à paisagem urbana a quilómetros de distância.

Destaca-se a organização do espaço no seu interior. Para privilegiar a área social é reduzida a circulação. As salas com kitchenette atravessam o edifício de uma fachada à outra, sendo directa, a partir deste espaço, a ligação aos quartos e casa de banho.

As portas, integradas num painel ripado em madeira pintado, transformam-se em portas secretas.

O edifício localiza-se a meio das Escadinhas do Marquês de Ponte de Lima, em pleno núcleo histórico da Mouraria.

Neste local, a vivência entre a fachada principal e tardoz é de grande contraste.

Na frente, uma rua esconsa com alguns edifícios recentemente recuperados e outros ainda muito degradados. Atrás, o edifício abre-se para uma vista panorâmica que começa nos bairros típicos vizinhos espalhando-se até à paisagem urbana a quilómetros de distância.

De construção modesta, com uma área de lote de 80 m2, o imóvel de 3 pisos e sótão, encontra-se em avançado

estado de degradação, sendo inevitável a demolição integral do seu interior.

Com o projecto pretende-se manter a tipologia original. A entrada liga-se a uma escada lateral que dá acesso aos apartamentos, um por piso, no total de três.

Na organização interior, é comum aos três apartamentos a ideia de privilegiar a área social e reduzir a circulação. Assim, as salas com kitchenette atravessam o edifício de uma fachada à outra, sendo directa, a partir deste espaço, a ligação aos quartos e casa de banho.

Nesta forma de organizar o espaço nasce uma das principais ideias arquitectónicas.

Para atenuar a função de circulação, transforma-se as portas que dão para a sala em portas secretas, integradas num painel ripado em madeira pintado na cor tradicional “casquinha de ovo”.
A largura das réguas é igual à moldura tradicional das portas e janelas, que se pretende reconstruir.

No último piso, aproveita-se o sótão para criar um duplex, com os quartos e terraço no piso superior. Também aqui, para reduzir a área de distribuição, a escada é posicionada no centro de forma a ser directa a ligação a cada um dos quartos.

Na cobertura, com uma janela de trapeira tripla, resolve-se as janelas para os quartos, bem como o acesso independente ao terraço.

Projecto Edifício na Escadinhas

Localização Escadinhas do Marquês de Ponte de Lima, Lisboa, Portugal

Cliente Privado

Programa Reconstrução de edifício e divisão em 3 apartamentos

Área 286 m2

Fase de projecto actual Início de obra

Data 2017-….

Autoria Aurora Arquitectos

Equipa de arquitectura Sérgio Antunes, Sofia Reis Couto, Tânia Sousa, Carolina Rocha, Ivo Lapa, Rui Baltazar, Dora Jerbic

Projectos e especialidades OMSOR, Espaço Civil e ETV

Fiscalização João Jacinto Fiscalização

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.